Financiadores

Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento

Definição do organismo: A Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) é uma Entidade de Direito Público submetida ao Ministério de Assuntos Exteriores e de Cooperação através da Secretaria de Estado de Cooperação Internacional (SECI). É o órgão de gestão da política espanhola de cooperação internacional para o desenvolvimento.

Tarefa: O fomento, a gestão e a execução das políticas públicas de cooperação internacional para o desenvolvimento, dirigidas à luta contra a pobreza e a consecução de um desenvolvimento humano sustentável nos países em desenvolvimento, particularmente, os contemplados no Plano Diretor em vigor a cada quatro anos.

Espaço Abrangido: Contribui com organizações, fundos de multidoadores e outros agentes de cooperação de todo o mundo. Oferece apoio econômico, técnico e de intervenção pública.

Objetivos e temáticas prioritários: A luta contra a pobreza é o objetivo final da política espanhola de cooperação internacional para o desenvolvimento. Segundo o Plano Diretor 2009-2012 as prioridades horizontais e transversais, setoriais e geográficas são:

Horizontais e transversais:

  • Inclusão Social e Luta contra a Pobreza
  • Promoção dos Direitos Humanos e Governabilidade Democrática
  • Gênero em Desenvolvimento
  • Sustentabilidade Meio ambiental
  • Respeito à Diversidade Cultural

Setoriais e geográficas:

GRUPO A na América: Honduras, Nicarágua, El Salvador, Guatemala, Haiti, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador e República Dominicana.

GRUPO B na América: Colômbia.

GRUPO C na América: Costa Rica, Brasil, México, Venezuela, Panamá, Argentina, Uruguai e Cuba.

http://www.aecid.es/web/es/cooperacion/


Banco Interamericano de Desenvolvimento

Definição do organismo: O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem vários aspectos de um banco normal que concede empréstimos; mas está regido pelo compromisso com a obtenção de resultados mensuráveis em matéria de desenvolvimento, baseia-se em princípios de integridade, transparência e prestação de contas. Ademais dos empréstimos, oferece doações, assistência técnica e realiza pesquisas; seu grupo de acionistas está constituído por países, entre os quais se contam os 26 países membros prestatários da América Latina e do Caribe.

Tarefa: Promover o desenvolvimento na América Latina e no Caribe oferecendo financiamento de projetos, assistência técnica e coordenando programas de geração de conhecimentos.

Espaço Abrangido: Trabalha com os governos nacionais, provinciais e municipais de seus países sócios, e através deles com organizações e empresas do setor privado.

Objetivos e temáticas prioritários: Seu objetivo é combater a pobreza e a desigualdade, e fomentar o crescimento econômico sustentável. As áreas prioritárias são:

  • Redução da pobreza e da desigualdade social;
  • Os países pequenos e vulneráveis;
  • Mudança climática, energia renovável e sustentabilidade ambiental; e
  • Cooperação e integração regional.

http://www.iadb.org/


Corporação Andina de Fomento

Definição do organismo: A Corporação Andina de Fomento (CAF) é um banco de desenvolvimento constituído em 1970, e formado na atualidade por 18 países da América Latina, do Caribe e da Europa, assim como por 14 bancos privados da região andina.

Tarefa: Oferece operações de crédito, recursos não reembolsáveis e apoio na estruturação técnica e financeira de projetos do setor público e privado latino-americano. Em particular, oferece empréstimos a curto, médio e longo prazo, financiamento estruturado sem recurso ou com garantias limitadas, empréstimos modalidade A/B com instituições multilaterais e a banca internacional, assessoria financeira, garantias totais, parciais e avais, participações acionárias, serviços de tesouraria, cooperação técnica e linhas de crédito.

Espaço Abrangido: Opera com: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, Jamaica, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominica, Trindade e Tobago, Uruguai e Venezuela. Seus serviços estão dirigidos tanto aos governos dos países acionistas, como às instituições públicas e empresas privadas ou mistas que operam nestas nações.

Objetivos e temáticas prioritários: A CAF se propõe ser o propulsor da integração latino-americana, e fortalecer o enfoque de sustentabilidade de todas suas operações. Seus focos de interesse são: o fortalecimento da infraestrutura, indústria e sistemas financeiros; e a integração da ação pública e privada nos países acionistas.

http://www.caf.com/view/index.asp?pageNs=61402&ns=19


Europe Aid

Definição do organismo: A União Europeia, composta pelos Estados Membros da Comissão Europeia, é o maior doador a nível mundial. Europe Aid é o escritório de cooperação da Comissão Europeia.

Tarefa: Gerir os programas de apoio exterior e assegurar que a assistência ao desenvolvimento chegue a todo o mundo. Europe Aid oferece apoio econômico direto, tanto a nível macro como micro, contribuindo tanto aos orçamentos nacionais como a atividades de integração regional ou iniciativas de microfinanças.

Espaço Abrangido: Trabalha em conjunto com os governos dos países membros da União Europeia, assim como com organizações internacionais e a sociedade civil de países da América Latina, Ásia, África, Golfo Pérsico, zona do Pacífico e Europa do Sul e do Leste.

Objetivos e temáticas prioritários: Seu objetivo geral é lograr que o apoio exterior obtenha a maior efetividade. Também procura promover: a boa governança e a democracia, o desenvolvimento humano e social, a estabilidade e a paz, e o cuidado dos recursos naturais. Seus focos de trabalho são: a promoção do emprego e a proteção social, o estabelecimento e a manutenção da democracia, a resolução de conflitos, o crescimento econômico rural, e o fortalecimento de infraestruturas em transporte, saúde, energia e comunicações, como aspectos vitais para o desenvolvimento.

http://ec.europa.eu/europeaid/work/ap/index_es.htm


Fundo para a Convergência Estrutural do MERCOSUL

Definição do organismo: O Fundo para a Convergência Estrutural do MERCOSUL opera desde 2006, sendo o primeiro instrumento financeiro do bloco. É um fundo destinado a financiar projetos em benefício das economias menores do MERCOSUL. Está integrado por contribuições financeiras não reembolsáveis dos Estados Partes.

Tarefa: Financiar projetos regionais ou locais, enquadrados nos seguintes eixos:

  • Programa de Convergência Estrutural
  • Programa de Desenvolvimento da Competitividade
  • Programa de Coesão Social
  • Programa de Fortalecimento da Estrutura Institucional e do Processo de Integração

Espaço Abrangido: Opera no MERCOSUL.

Objetivos e temáticas prioritários: Seu objetivo é contribuir na redução das assimetrias dentro do MERCOSUL, promovendo a convergência estrutural, a coesão social e o desenvolvimento da competitividade, em particular das economias menores e regiões menos desenvolvidas; e apoiar o funcionamento da estrutura institucional e o fortalecimento do processo de integração. (acrescentar prioridades anuais)

http://www.mercosur.org.uy/focem/index.php?id=focem


Programa das Nações Unidades para o Desenvolvimento

Definição do organismo: O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) é a rede mundial das Nações Unidas para o desenvolvimento que promove a mudança e conecta aos países com os conhecimentos, a experiência e os recursos necessários para ajudar aos povos obterem uma vida melhor.

Tarefa: A rede do PNUD reuni e coordena os esforços mundiais e nacionais para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Sua principal contribuição é o desenvolvimento de capacidades – o “como” do desenvolvimento. Dentro do âmbito da apropriação nacional, faz ênfase em uma gestão eficaz da ajuda e em soluções Sul-Sul.

Espaço Abrangido: Presente em 166 países, atua em coordenação com seis regiões definidas como África, Estados Árabes, Ásia e Pacífico, Europa e Comunidade de Estados Independentes, América Latina e Caribe. Em cada escritório exterior, o Representante Residente do PNUD, geralmente, também atua como Coordenador Residente de atividades de desenvolvimento para todo o sistema das Nações Unidas. Mediante esta coordenação, o PNUD trata de assegurar que se faça o uso mais efetivo possível dos recursos de ajuda das Nações Unidas e da comunidade internacional.

Objetivos e temáticas prioritários: A missão do PNUD é trabalhar com cada país para ajudá-lo a encontrar suas próprias soluções aos desafios mundiais e nacionais do desenvolvimento.

Os eixos temáticos principais são:

  • Redução da Pobreza
  • Promover a governabilidade democrática
  • Fomentar o cuidado do meio ambiente e da energia
  • Prevenção da crise e recuperação
  • Combate do HIV/AIDS
  • Promover a igualdade de gênero

http://www.undp.org/

Comentários fechados.