Proposta

IN Propõe

Realizar uma convocatória anual a representantes de governos locais, organizações da sociedade civil e instituições acadêmicas, das cidades membros da Rede com o objetivo de elaborar conjuntamente projetos regionais:

  • Capacitação em gestão do ciclo de projeto (GCP)
  • Assessoramento de forma presencial e virtual na formulação, execução e avaliação de todas as iniciativas selecionadas.
  • Desenvolvimento de uma rede de troca de conhecimentos e uma incubadora de projetos.
  • Trabalhar em forma conjunta, integrantes de governos locais, organizações da sociedade civil e âmbitos acadêmicos.
  • 3 projetos por capacitação se beneficiarão de trabalho de campo em sua temática, vinculando-se com uma experiência exitosa em uma cidade da Rede e realizando contatos de interesse com entidades financiadoras.

Eixos Temáticos

Seguindo os delineamentos pautados por Mercocidades em matéria de interesse regional, e acompanhando as demandas de governos locais e organizações sociais de todo o MERCOSUL, este empreendimento promove o desenvolvimento de iniciativas nas seguintes temáticas:

Integração produtiva regional; por ser uma das estratégias mais consistentes para a inclusão de nossos cidadãos e potencializar as oportunidades, gerando espaços de confiança entre os diferentes atores de nossos setores produtivos.

Mercocidades tem priorizado ao longo de quase 15 anos um enfoque de complementaridade das economias da região desde a ótica de incluir aos atores do território e priorizar estratégias de desenvolvimento local, procurando incorporar a pequenas e médias empresas, cooperativas e outro tipo de associações, buscando um enfoque amplo, diverso e participativo. As cidades contemplam este rumo através de diferentes iniciativas de desenvolvimento local: turismo, cultura, apoio a empreendedores, pmes, entre outros, e aspiramos a multiplicar as mesmas em âmbito regional.

Cidadania regional; por ser um conceito amplo que implica a participação, a equidade, a construção conjunta e o pleno exercício dos deveres e direitos. Uma cidadania que aceita a diferença, mas não a desigualdade. Mercocidades tem manifestado em várias ocasiões a necessidade de trabalhar esta temática desde os mais diversos âmbitos, em 2008 a XIII Cúpula da Rede pôs especificamente de manifesto essa vontade de “Integrar cidades, cidadãos e cidadãs”. Para alcançar uma cidadania regional plena será necessário satisfazer muitos direitos essenciais de todo cidadão, como o direito à moradia, à educação, à assistência em saúde e segurança, à mobilidade, a uma boa qualidade de vida, à diversidade, à inclusão social, etc.

Inclusão social na região; por ser uma temática indispensável para o fortalecimento da cidadania em todos seus âmbitos. Para que a inclusão social de todos os mercosulinos seja uma realidade é necessária a solidariedade e o trabalho contínuo de estados, cidades e organizações de todo o MERCOSUL. Desde Inovação e Coesão Social se fomenta a formulação e desenvolvimento de projetos que enfatizem sobre a redução da pobreza, a igualdade de oportunidades e a participação de toda a cidadania nos âmbitos sociais, políticos, culturais e econômicos. Particularmente, desde Mercocidades se desenvolve através de diversos grupos trabalho como os de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Gênero e Município, Deficiência Física e Inclusão, entre outros.

As temáticas acima mencionadas incluem outros tópicos, abordados nos projetos formulados desde Inovação e Coesão Social:

  • Equidade de gênero
  • Inclusão educativa
  • Participação cidadã
  • Cultura
  • Economia solidária
  • Desenvolvimento sustentável
  • Desenvolvimento turístico

Comentários fechados.